HISNËK | Snacks saudáveis para a hora da fome.

BLOG

7 atitudes para tornar a sua dieta mais eficaz

9/10/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Fazer uma reeducação alimentar costuma gerar uma sensação de privação para aqueles que seguem a dieta e as orientações do nutricionista à risca. A mudança de hábitos, porém, deve ser gradual: escolhendo melhor as refeições e não abdicando dos pequenos prazeres à mesa, só que tudo na quantidade certa. Além disso, ao tornar o regime mais agradável, o comprometimento com a perda de peso aumenta e o objetivo é alcançado com maior facilidade. Saiba sete maneiras criativas para tornar a sua dieta ainda mais eficaz:

1. Conte as mastigadas

Conte as mastigadas, mastigue 20 vezes cada garfada. Procure comer acompanhando as outras pessoas da sua mesa, normalmente, quando comemos sozinho, comemos mais rápido para acabar logo. Apoie os talheres na mesa após cada garfada. Só prepare a próxima garfada depois que já engoliu a anterior. Na hora da refeição, desligue a televisão e o computador ou qualquer aparelho que possa tirar a sua concentração.

2. Explore Novos Sabores

Temperos, frutas exóticas, pratos novos. Experimente de tudo! Isso faz com que a dieta saia da rotina e continue fácil de segui-la. Em vez de pensar no que você não poderá comer, você deve pensar no que poderá! Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados.

3. Crie compensações

Sistema de recompensas é como um jogo no qual, quando você atinge o seu objetivo, o seu esforço é valorizado. Com o regime, deve funcionar igual: você estipula várias metas, desde as mais simples e fáceis de alcançar até aquelas mais complicadas que requerem mais esforço e tempo, e ao atingir cada meta você estipula um tipo de recompensa para si mesmo. Um exemplo: quando você perde três quilos, você tem direito a fazer uma massagem corporal ou se dar de presente um jeans novo de tamanho menor. Só lembre-se de escolher presentinhos possíveis e que não vão estourar seu orçamento. O sistema de recompensas é saudável, mas não recompensas ligadas à comida, senão você corre o risco de colocar tudo a perder.

4. Escolha pratos e copos e regular o tamanho

Na hora de escolher pratos e copos muita gente acredita que tanto faz o modelo e que o importante é a durabilidade das louças. Entretanto, ao comprar um modelo mais bonito com alguma cor ou estampa da sua preferência, você torna a refeição mais agradável. Além disso, ao utilizar um prato de sobremesa em vez do de tamanho normal ou um copo menor para almoçar ou jantar, você diminui a ingestão de calorias e acaba comendo menos. Ao mesmo tempo, o prato vai aparentar estar cheio e o copo também, isso trará uma grande satisfação e até saciedade, mesmo com uma menor ingestão de alimentos e líquidos.

5. Tire fotos do antes e depois

Sabia que as fotos podem ser grandes aliadas na perda de peso? Muitas pessoas costumam se motivar a iniciar uma reeducação alimentar ao se verem fora de forma em fotografias. E, a cada 15 dias, tirar uma foto e ver como anda a transformação do seu corpo pode te motivar ainda mais a continuar com a dieta e com os exercícios físicos. Mas, lembre-se: se você ficar tirando foto todos os dias o efeito pode ser negativo, e você vai sentir que não está perdendo peso. O espaço de 15 dias entre cada foto é fundamental para que você possa observar as mudanças no seu corpo a cada período. Uma boa tática é: se você já pesou menos algum dia, espalhe pela casa, na porta da geladeira, dos armários da despensa, aquela sua foto com o corpo, que você adora.

6. Crie um diário alimentar

Escrever o que você anda fazendo e comendo no dia a dia diminui a ansiedade e traz resultados muito positivos para a dieta. Ao escrever sobre o que você consome ou quanto você malha, dá para verificar onde é que você está errando ou exagerando, contribuindo para uma perda de peso mais rápida.

7. Organize a cozinha de maneira prática

Arrumar a cozinha pode ser divertido e beneficiar (e muito!) a dieta, pois você pode escolher o que deixar à mão – os alimentos saudáveis – e esconder as tentações. O primeiro passo é não ter em casa aquilo que você sabe que é difícil de resistir. E se tiver filhos ou morar com outras pessoas, peça para que guardem esses alimentos num local mais escondido, longe de seu campo de visão. Organize sua despensa e geladeira e deixe em seu campo de visão, os alimentos mais favoráveis a sua dieta. E o mais importante: tenha sempre ingredientes básicos à mão: nozes, frutas secas, frutas, queijos magros, iogurtes, barrinhas, adoçante, leite desnatado, carnes magras, atum em lata (light), arroz integral, grãos e cereais integrais.

Receita de brigadeiro saudável

2/10/2018 - Novidades

Por detoxdecorpoealma.com

E aí, você é louco(a) por doce, mas precisa maneirar né?!
Para começar bem o mês de outubro, aperte o play que gravamos uma das receitinha de snack do blog Detox de Corpo e Alma. Com vocês, brigadeiro raw!

Alimentos termogênicos ajudam a emagrecer

25/09/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia, certo? Isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a seu favor para emagrecer quando o que está em questão são os alimentos termogênicos. Esses alimentos são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Quanto mais difícil for a digestão do alimento, maior será o seu poder termogênico.

No entanto, sabe-se que não existem milagres quando o assunto é perder peso. Para que esses alimentos mostrem resultado, é necessário aliá-los à dieta regrada e exercícios físicos. Além disso, os termogênicos possuem algumas restrições. Quem tem hipertireoidismo não deve ingeri-los, visto que o metabolismo já está muito elevado, o que aumenta o risco de perda de massa muscular.
Crianças e gestantes, pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar desses alimentos, pois eles podem levar a aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia.

Pimenta vermelha: Esse tipo específico de pimenta é rica em capsaicina, substância que favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia, podendo ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero.
Chá verde (Camellia sinensis): Assim como a pimenta, esse chá favorece a utilização da gordura corporal como fonte de energia em função do estimulo metabólico. Para que o efeito aconteça, aconselha-se cinco xícaras de chá por dia durante três meses. Mas, cuidado: quem tem insônia não deve ingerir o chá verde na parte da tarde ou noite.
Canela: Além de aumentar o metabolismo basal, a canela possui alto teor de cálcio mineral, substância importante para o emagrecimento. Polvilhada por cima de frutas (aproximadamente uma colher de chá rasa), contribui com o emagrecimento e ainda torna a refeição deliciosa. Gengibre: Essa raiz pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. O gengibre pode ser consumido de diversas formas, cru, em marinadas para temperar carnes, aves e peixes, e ainda fica ótimo em molho de tomate, sopas de legumes e chá, quando misturado com outras ervas. A quantidade indicada é de duas fatias pequenas.
Alimentos com Ômega 3: O omêga 3 é encontrado em peixes – como salmão e atum – e em oleaginosas. Ele aumenta o metabolismo basal, melhora a retenção de líquidos e facilita a comunicação entre as células do organismo.
Água gelada: Sim, até mesmo a água gelada pode te ajudar a emagrecer! Ao ingeri-la, seu organismo gasta energia para elevar a temperatura até a tida como adequada pelo corpo (algo entre 36º e 37ºC). No entanto, o efeito é muito leve. Para melhores resultados, ingira oito copos de água por dia, pois essa medida pode aumentar seu gasto calórico em até 200kcal.

Mix de grãos, sementes e cereais contra a constipação

18/09/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Anota aí 2 receitinhas de granola, uma doce e outra salgada que ajudam no bom funcionamento do seu intestino.

GRANOLA FUNCIONAL DOCE – PARA COMER COM IOGURTE
(que é um probiótico e ajuda o equilíbrio da flora intestinal e o bom funcionamento do intestino)

Rendimento: 1 porção
Tempo de preparo: 20 minutos
Calorias: 80 kcal cada colher de sopa
Calorias de 2 colheres de sopa de granola com 170g de iogurte natural: 274 kcal

Ingredientes
1 colher de sopa de amêndoas sem sal
1 damasco picadinho
1 colher de chá de uvas-passas claras
1 colher de sopa de flocos de arroz
2 castanhas-do-pará
1 colher de chá de sementes de chia
1 colher de sopa de amêndoas sem sal
1 colher de café de melado de cana

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes secos, exceto a uva-passa, e bata rapidamente no processador. Em uma assadeira antiaderente, coloque os ingredientes secos e a uva-passa. Despeje o melado de cana por cima. Asse por 15 minutos ou até que a granola fique douradinha.
OBS: Forno 180 graus

 

MIX DE GRÃOS, SEMENTES E CEREAIS CONTRA O COLESTEROL RUIM E PARA MANTER A GLICEMIA:
GRANOLA SALGADA – PARA COMER COM SALADA
Calorias de 2 colheres de sopa de granola com 1 prato de sobremesa de salada de alface, tomate e pepino:

Ingredientes
1 colher de sopa de sementes de abóbora
1 colher de sopa de sementes de girassol
2 colheres de sopa de flocos de milho
2 colheres de sopa de quinua em grãos
2 colheres de sopa de linhaça dourada
1 colher de chá de gergelim
1 colher de café de sal marinho
1 colher de chá de azeite de olive extra virgem

Modo de preparo
Espalhe tudo em uma assadeira antiaderente, misture bem e deixe por volta de 10 minutos em forno alto ou até ficarem crocantes. Espere esfriar e guarde em recipiente hermético.

Meditação e emagrecimento

11/09/2018 - Novidades

Por detoxdecorpoealma.com

Embora não haja pesquisas aprofundadas, o que se sabe é que os resultados da meditação para emagrecer evidenciam-se porque tornam a pessoa mais consciente de seus pensamentos e ações, principalmente em relação ao seu posicionamento emocional diante dos alimentos.
O médico holístico e guru Deepak Chopra, em um de seus artigos sobre o tema, afirma que em oito semanas a meditação pode causar mudanças positivas em seu cérebro, religando circuitos do corpo, ajudando a modificar hábitos alimentares e outros comportamentos. Chopra sugere ainda que as pessoas deletem os conceitos da biologia, que nos fazem crer que engordamos por fatores hereditários, e afirma que a consciência é o verdadeiro comandante da nave.

Como funciona

A Dra. Roth, autora do best seller “Mulheres, comida e Deus”, afirma que é preciso aprender a acalmar a mente, evitando as histórias que ficamos contando para nós mesmos, de maneira recorrente, alimentando os pensamentos voltados para a comida.Ela recomenda perguntar-se: “O que está funcionando?” Sempre que acordamos e ao final do dia.
Dessa forma, podemos filtrar as coisas boas que vivemos, repetindo-as, como também evitar tudo que não funciona, que nos faz mal.Segundo o Dr. Lawrence Leshab, Ph.D., a meditação para emagrecer exige uma disciplina diária para se obter resultados. Os esforços devem ser direcionados para a prática durante todos os dias, sem exceção, afinal, da mesma forma que alimentamos nosso corpo diariamente, também devemos fazer o mesmo com nossa mente.

 

Dicas de meditação para emagrecer

Não há regras para meditar, afinal, não é uma maquininha que a gente fica observando como funciona.O que existem são sugestões de procedimento. O que se sabe é que deve ser em local tranquilo, longe de agitações e pessoas, para facilitar a concentração;
No início, pensamentos diversos invadirão a mente enquanto se medita. É normal, isso vai acontecer mesmo. O treinamento fará com que a pessoa mantenha o foco e espante essas ideias recorrentes;
Para voltar ao estado meditativo, tente prestar atenção ao processo respiratório. Ele deve ser lento e profundo, preferencialmente abdominal;
Pode-se praticar também enquanto desenvolve suas atividades diárias. Essa metodologia do Doutor Deepak Chopra recomenda que a pessoa simplesmente “preste atenção”. Isso mesmo, ao invés de fazer um milhão de coisas pensando em outras, a sugestão aqui é fazer determinada tarefa focado apenas nela;
Não desviar o pensamento é a chave da meditação. Aprenda a controlá-lo, administrá-lo. Por exemplo, quando se está comendo, preste atenção à comida somente. Não faça isso enquanto fala ao telefone ou assiste TV. Essas atitudes paralelas desviam o foco, fazendo com que a pessoa coma, mas sem saborear;
É preciso sentir o aroma, o paladar, prestar atenção à quantidade de alimento em seu prato, e principalmente porque esse gesto, a princípio somente para manter um ser humano vivo, passa a ser a razão da vida de algumas pessoas;
Nesse momento de contato com o alimento, preste atenção a seu corpo, interiorize-se, perceba que ele lhe dará o sinal de saciedade, no entanto, isso só poderá ser percebido se a pessoa estiver “prestando atenção”;
Antes de comer, coloque uma das mãos sobre seu estômago. Aprenda a ter consciência de que ele existe, ele está aí dentro, ele se comunica com você através de sinais físicos evidentes;
Pergunte a si mesmo se realmente está sentindo fome. Numa escala de 1 a 10, onde 1 significa fome e 10 é saciedade. Seja honesto com o que vai responder. Só coma se a resposta for 1. A comida fica mais gostosa quando a gente está com fome.

Conclusão

De uma maneira geral, é importante não estabelecer grandes metas iniciais em relação à meditação para emagrecer. Ela é um complemento importante, mas ao criarmos expectativas, geramos ansiedade, e sabemos aonde isso nos leva. O básico é viver o agora, e principalmente trazer os pensamentos para esse momento atual. A maioria das pessoas nunca está onde estão seus pensamentos. O corpo físico vive num lugar, enquanto a mente habita outro.
Há inúmeras técnicas para iniciantes. Os internautas encontrarão vídeo aulas online, com bastante facilidade.
Procure a que melhor se adequa ao seu perfil. Talvez não obtenha êxito na primeira tentativa, tente outro método demeditação, até se sentir pleno. O tempo mostrará os resultados.

Alimentos que não podem faltar na sua dispensa e geladeira

Por detoxdecorpoealma.com

Tenha esses alimentos na sua casa e não terá dificuldade em levar numa boa uma alimentação saudável no seu dia a dia.

• Iogurte natural (de verdade!) – leite e fermento lácteo
• Mix de nuts e sementes
• Mix de frutas secas
• Frutas frescas
• Cottage / mussarela de búfala / queijo de cabra
• Leite de coco OU de amêndoas OU de castanhas
• Água de coco
• Vegetais variados
• Lentilha, ervilha, grão de bico, feijões variados
• Peixe fresco
• Arroz integral, arroz negro, arroz selvagem, quinua
• Biscoitos de polvilho
• Biscoitos de arroz
• Hommus (pasta de grão de bico)

3 receitas anti-ansiedade

28/08/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

Alguns alimentos são ricos em triptofano, precursor de serotonina, hormônio do bem estar, que ajuda a baixar a ansiedade. Exemplos desses alimentos são a banana, o iogurte, as nozes, o abacate. Além disso há o maracujá que possui substâncias que auxiliam no controle da ansiedade.
Seguem abaixo receitas para ajudar a controlar sua ansiedade no dia a dia. Faça do seu alimento o seu remédio!

Creme de abacate com cacau
1/2 abacate ou 1 avocado maduro
1 colher de sopa rasa de cacau em pó
1 colher de chá de mel
Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Sorvete de banana com nozes caramelizadas
1 banana sem casca previamente congelada
2 colheres de sopa de iogurte ou leite vegetal
1 colher de sopa de nozes
1 colher de sopa de mel
Modo de preparo: Bata no liquidificador a banana com o iogurte ou leite vegetal até que fique na consistência cremosa. Reserve.
Caramelize as nozes com o mel emu ma frigideira. Coloque sobre o sorvete de banana e sirva.

Smoothie de leite de castanhas com maracujá, manga e hortelã
1 copo de leite de castanhas
polpa de 1 maracujá
1/2 xícara de manga picada
1 colher de sopa de folhas de hortelã frescas picadas
Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva.

Alimentos que auxiliam na produção de colágeno

21/08/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Para que o colágeno possa ser sintetizado pelo organismo, é importante consumir alimentos que contenham vitamina C e vitamina E, além dos minerais cobre, selênio, zinco e silício.
O silício está presente no corpo humano (pele, cabelo, unhas, cartilagens, etc.) desde a fase fetal e vai diminuindo com a idade (principalmente após os 30 anos). O silício é um oligoelemento com a função de regenerar as células da pele e estimular as fibras de colágeno e elastina. De nada adianta consumir alimentos que estimulam a produção de de colágeno se não consumirmos alimentos ricos em silício também.
Segue uma lista de alimentos que se incluídos no seu dia a dia vão te deixar com pele, unha e cabelos mais firmes, fortes e bonitos!

FRUTAS CÍTRICAS
São ricas em vitamina C, substância indispensável para a formação de colágeno.
LINHAÇA
Além de rica em fibras, contém ômega-3, nutriente importante para uma pele mais jovem. Consuma uma colher de chá por dia, de preferência triturada.
CASTANHA, NOZES E AMÊNDOAS
Contêm ácidos graxos poli-insaturados importantes para a vitalidade da pele e vitamina E. Consuma ⅓ de xícara dessas oleaginosas uma vez ao dia.
ABÓBORA, CENOURA, MELÃO E PÊSSEGO
Eles contêm vitamina A, responsável pela regeneração da pele. Coma ½ xícara por dia, em saladas ou sucos.

A ingestão diária de silício é estimada entre 20 a 50 mg. As plantas absorvem ácido silicílico do solo e convertem em silício polimerizado. Alimentos ricos em fibras, como cereais, aveia, farelo de trigo e legumes, são também os principais alimentos ricos em silício. Uma dieta desequilibrada com uma oferta limitada de legumes, frutas e cereais trará baixa concentração de silício, levando à sua deficiência.

Uma dieta rica em frutas e vegetais trará bastante silício biodisponível à sua alimentação!
Coma o arco iris todo dia!

Alimentos que melhoram a fertilidade

14/08/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Você sabe que há muitas regras sobre o que você pode e não pode comer quando engravidar. Mas você sabia que alguns alimentos podem melhorar (e outros piorar) sua fertilidade? Isso mesmo!

EVITE CARNE VERMELHA E SE JOGUE NAS PROTEÍNAS VEGETAIS
Pesquisadores da Harvard School of Public Health examinaram cerca de 19 mil enfermeiras que estavam ativamente tentando engravidar e descobriram que a infertilidade era 39% mais provável em mulheres com a maior ingestão de proteína animal. Mas as mulheres que comiam muitas proteínas vegetais eram substancialmente menos propensas a ter problemas para tentar conceber. Então, jogue grão de bico na salada ou faça um pimentão vegetariano. Não gosta de feijão? Lentilhas, tofu, edamame e nozes também são boas fontes de proteínas vegetais.

IOGURTE NATURAL
O Nurses ‘Health Study descobriu que uma ou duas porções diárias de produtos lácteos integrais protegem contra a infertilidade ovulatória. O leite desnatado e de baixo teor de gordura, surpreendentemente, faz o contrário. Os especialistas não sabem o porque, embora alguns médicos teorizem que remover a gordura do leite altera seu equilíbrio de hormônios sexuais, o que, por sua vez, dificulta a ovulação.

FOLHAS VERDE ESCURAS
Espinafre, alface romana, rúcula, brócolis são altos em folato, uma vitamina do complexo B que alguns estudos demonstraram que pode melhorar a ovulação. Certifique-se de compartilhar a salada com seu parceiro; Os homens que recebem doses mais elevadas de folato fazem espermas saudáveis, potencialmente reduzindo as chances de aborto espontâneo ou problemas genéticos no bebê. Pesquisadores da Escola Pública de Saúde da Universidade da Califórnia examinaram 97 homens que não fumavam e sem antecedentes de problemas de fertilidade e descobriram que os homens que apresentavam a maior ingestão dessa vitamina apresentavam uma redução de quase 20% no número de espermatozóides anormais.

SEMENTES DE ABÓBORA
Elas são ricas em ferro não-heme, o tipo de ferro encontrado em certos alimentos vegetais e alimentos fortificados em ferro. Um estudo descobriu que as mulheres que regularmente tomavam um suplemento de ferro (que é o ferro não-heme) eram 40% menos propensas a ter problemas para engravidar do que aqueles que não tomavam ferro. Asse sementes de abóbora no forno para um lanchinho crocante ou jogue na sua sopa ou salada!

AZEITE
O azeite é uma gordura monoinsaturada que ajuda a aumentar a sensibilidade à insulina e a diminuir a inflamação em todo o corpo (a inflamação interfere com a ovulação, a concepção e o desenvolvimento precoce do embrião). Use-o em saladas com algum vinagre balsâmico, ou use-o para cozinhar!

SALMÃO SELVAGEM, LINHAÇA E CHIA
Este peixe de água fria é rico em ácidos graxos ômega-3, o que pode ajudar a regular hormônios reprodutivos e aumentar o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos. O salmão também tem menos mercúrio do que outros peixes gordurosos.
As sementes de chia e linhaça também são ricas em Omega 3! Use e abuse!

EVITE GORDURAS TRANS
As gorduras trans, que são encontradas em muitos produtos processados, alimentos fritos e na maioria dos sorvetes, é um alimento a ser cuidado quando você está tentando engravidar. Essas gorduras diminuem a capacidade do organismo de reagir à insulina, o que o tornará mais propenso à ovulação irregular.

5 erros que as pessoas cometem quando querem perder peso!

7/08/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

1) A Despedida!
Aquela loucura de comer tudo e mais um pouco antes de começar “o regime”. Como se o mundo fosse acabar.

2) Pular refeições ou comer bem menos do que o nutri orienta para “agilizar” o processo.
Isso é um erro. O corpo não suporta privação, diminui o metabolismo e armazena tudo e mais um pouco nessas situações. O que atrapalha demais a perda e manutenção de peso.

3) Ter na despensa alimentos que sabotam seu cardápio e na hora da ansiedade, stress, cansaço atacá-los!

4) Organização.
Levar os lanchinhos na bolsa, se programar caso tenha eventos sociais ou viagens. Ter em mente que é importante se organizar nessa fase, porque um deslize aqui e outro ali, constantes, podem colocar tudo a perder.

5) Colocar data para começar “a dieta” e data para acabar.
Ao invés de mudar hábitos e estilo de vida, encarar o processo de emagrecimento com sofrimento, vitimização e quando alcançam o peso desejado voltam a comer errado, o que causa o reganho de peso.