BLOG

3 lanches saudáveis e deliciosos para comer a dois

12/06/2018 - Dicas nutritivas, Novidades

Por detoxdecorpoealma.com

É com quem a gente ama que, muitas vezes, acabamos comendo besteira e saindo da linha.
Anota aí 3 receitinhas de lanches saudáveis, deliciosos e super facinhos de fazer!

TARTAR DE ABACAXI
Ingredientes:
-2 rodelas de abacaxi de 2 dedos de largura cada
-1 colher de chá de raspas de limão siciliano
-suco de ½ limão siciliano
-1 colher de sopa de coco ralado
-1 colher de chá de folhas de hortelã picadas
Modo de preparo: Pique o abacaxi na ponta da faca, como um tartar. Misture todos os ingredientes e sirva.

 

FRAMBOESAS RECHEADAS COM CHOCOLATE
Ingredientes:
-6 framboesas frescas
-50g de chocolate 70% cacau
Modo de preparo: Derreta em banho-maria o chocolate. Recheie cada framboesa com o chocolate e leve em um prato à geladeira para endurecer o chocolate.

 

MAÇÃ ASSADA COM CANELA
Ingredientes:
-1 maçã com casca com a tampinha cortada e descartada
-1 pitada de canela em pó -2 cravos
-1 colher de sopa de melado de cana
Modo de preparo: Coloque a maçã em um prato fundo e coloque 100 ml de água. Coloque a canela sobre a maçã e os cravos na água. Refogue com o melado de cana. Cubra com ouro prato fundo e leve ao micro-ondas por 5 minutos.

Aproveite e depois conta pra gente se curtiu as receitas!

Açúcar ou Adoçante?

5/06/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

Você sabia que o aumento da ingestão de adoçantes ao longo dos anos, não deixou as pessoas mais magras?
O Adoçante artificial foi considerado por muito tempo a salvação das dietas.  Mas com o tempo, descobriu-se as sequelas que sua composição química pode deixar no organismo.
Adoçantes artificiais não têm valor nutricional nenhum.
Um estudo que saiu no European Journal of Clinical Nutrition mostra que os adoçantes não ativam o sinal de saciedade da maneira como o açúcar faz. O que pode encorajar os mais gulosos, a comer mais e mais. Um outro estudo mostrou que os adoçantes podem até romper a habilidade natural do corpo em aferir calorias. Ou seja, eles não nos satisfazem e ainda por cima podem afetar nossa habilidade em alcançar saciedade com os outros alimentos.
Alguns estudos já relacionaram os adoçantes artificiais com dores de cabeça, insônia, piora da TPM e até leucemia e tumor maligno no cérebro.
Não há estudos de longo prazo do potencial dos múltiplos adoçantes através de uma vida toda.
Há produtos naturais com o poder de adoçar no mercado atualmente: stevia, xilitol, açúcar de coco e o próprio mel. Não necessariamente você precisa usar o açúcar refinado.
O stevia vem de um arbusto, ou seja, também é natural. O único porém, é que alguns relatam sabor residual amargo após ingestão desse adoçante. Já o xilitol é encontrado em pequenas quantidades em frutas e vegetais e, portanto, também é considerado natural.
E sem exagero, podemos usar também o açúcar mascavo e o demerara, que não passam por processo de refino e não contém substâncias químicas.

7 dicas de como escolher a sua barrinha

22/05/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

As famosas barrinhas de cereais convenientemente “moram” em bolsas ou mochilas de muita gente e podem facilmente fazer parte de um estilo de vida saudável.

A chave é usar as barrinhas como suplementos para equilibrar uma dieta com alimentos integrais, e não como um substituto de refeições principais visando uma alimentação balanceada.

Elas se encaixam melhor como lanches, em vez de refeições, onde você deve equilibrar o seu prato com vegetais, frutas, proteínas magras, cereais integrais e gorduras saudáveis.

Os lanches podem preencher longos intervalos entre as refeições, ou fornecer um impulso de energia para um treino diário.
Uma ótima e satisfatória combinação para um lanche seria uma mistura de proteínas e fibras, tais como iogurte desnatado com frutas, manteiga de amêndoas espalhada sobre fatias de pêra ou uma barrinha de cereais selecionada cuidadosamente.

É fácil tornar-se oprimido pelas múltiplas variedades de barrinhas disponíveis, com sua vasta gama de calorias e ingredientes…
Mas um pouco de investigação pode ajudá-los a encontrar uma barrinha saudável.

Procure uma barrinha que atenda aos seguintes critérios:

1-Uma pequena lista de ingredientes onde todos os ingredientes listados sejam reconhecíveis;
2-Mais aveia, cereais integrais, nozes e frutas secas;
3-Menos açúcar e xaropes;
4-Nenhum óleo parcialmente hidrogenado;
5-Total de calorias: cerca de 120-250;
6-Açúcar: menos de 10 gramas;22
7- Quantidade de nutrientes:
*Proteína: 5 a 10 gramas
*Fibra: pelo menos 3 gramas
*Sódio: menos de 250 miligramas
*Gordura: menos de 2 gramas de gordura saturada e 0 gramas de gordura trans

Se você está sempre em movimento, manter uma barrinha escondida na gaveta de sua mesa de trabalho, porta luvas do carro ou saco de ginástica pode garantir que você sempre tenha um lanche saudável a mão, desde que saiba fazer a escolha certa!

Use e abuse das nuts

15/05/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

Ainda há um equívoco bastante comum sobre os alimentos ricos em gordura poderem levar ao ganho de peso e / ou outros problemas metabólicos.

Felizmente, quando se trata de NUTS, já está se mudando de ideia. O consumo regular delas tem sido associado a um risco reduzido de várias condições em que o estresse oxidativo pode estar envolvido, como doença cardíaca coronariana, hipertensão, prediabetes, diabetes tipo 2, inflamação e disfunção endotelial.

Embora os benefícios das NUTS para a saúde tenham sido associados com o seu perfil de ácidos graxos, outros compostos bioativos presentes nas nozes também merecem crédito por seus benefícios de promoção da saúde.

As NUTS, como amêndoas, castanhas do Para, castanhas de caju, avelãs, pecans, pistáches e macadâmias são alimentos integrais complexos que contêm uma variedade de nutrientes essenciais, tais como vitaminas B e fitoquímicos, incluindo tocoferóis, carotenóides e polifenóis que possuem funções antioxidantes Bem como outros benefícios.

Vamos dar uma olhada nestes compostos bioativos saudáveis encontrados nas NUTS.

As NUTS são uma das mais altas fontes de tocoferóis (vitamina E), com amêndoas, avelãs e nozes ricas em alfa-tocoferol, e pistache e nozes em gama-tocoferol. Os tocoferóis alfa e gama têm funções antioxidantes, mas o alfa é mais eficiente no combate a ROS (espécies reativas de oxigênio), enquanto o gamma é mais eficiente no combate a RNOS (espécies reativas de óxido de nitrogênio), atuando também como um composto anti-inflamatório.

NUTS também são boas fontes de carotenóides, incluindo beta-caroteno e luteína / zeaxantina. Pistaches são a maior fonte desses carotenóides, com concentrações 8 vezes mais altas concentrações do que as avelãs. Os polifenóis, tais como antocianinas, flavonóides, lignanas, naftoquinonas, ácidos fenólicos, proantocianidinas, estilbenos e taninos hidrolizáveis, também foram identificados nas NUTS.

A concentração mais elevada de flavonóides é encontrada em pecans (9,5 mg por 28 g porção), seguido de amêndoas (4,2 mg). Proantocianidinas estão presentes em quantidades elevadas nas NUTS, variando de 140 mg em avelãs e pecans a 3 mg em cajus.

Assar as nozes diminuiu a tiamina (B1) significativamente em amêndoas e nozes, moderadamente em avelãs e macadâmias, e pouco em pistache. A riboflavina (B2) e a piridoxina (B6) nas NUTS não foram afetadas pela torrefacção, e até aumentaram nas avelãs e nozes após assar a 160/170 C.

Os níveis de luteína / zeaxantina em amêndoas torradas e nozes foram significativamente menores, mas não foram afetados em pistache e avelã. Assar a 160/170 C diminuiu significativamente a quantidade de beta-caroteno na maioria das castanhas e foi associada a um nível significativamente menor de alfa-tocoferol em amêndoas e avelãs; Gama-tocoferol em avelãs e nozes; E não tiveram efeito nas concentrações de alfa e gama tocoferol em pistaches.

Estudos sugerem que, apesar das alterações nos níveis de componentes bioativos presentes nas NUTS após o processamento, os seus benefícios para a saúde permanecem virtualmente inalterados.

A quantidade de porções variam de pessoa para pessoa mas sugerimos de 3 a 5  porções de 2 colheres de sopa por semana.

Almoço especial para a mamãe

Por detoxdecorpoealma.com

 

Vai receber a mamãe em casa neste domingo?
Temos uma sugestão de cardápio fácil, delicioso e super saudável para você fazer.
Ah! De presente, nossa dica é presenteá-la com uma super assinatura Hisnëk > www.hisnek.com

Anota aí!

Entrada

Palitinhos caprese de tomate cereja, bolinhas de mussarela de búfala e folhas de manjericão

Prato principal

File de peixe com capim cidreira + arroz de couve flor

Sobremesa

Cheesecake funcional

Drink

Clericot funcional

 

Receitas:
File de peixe com capim cidreira
peixe
Ingredientes:
-6 filés de linguado temperados com limão, sal e pimenta do reino
-2 garrafinhas de leite de coco (400ml)
-1 xícara de água ou caldo de vegetais caseiro
-folhas de capim cidreira frescas
-1 colher de chá de azeite

Modo de preparo:
Aqueça o azeite na frigideira.
Coloque os filés e “dê um susto”dos dois lados, uma douradinha.
Cubra com o leite de coco e a água ou caldo de vegetais.
Coloque as folhas de cidreira por cima.
Tampe parcialmente a frigideira e abaixe o fogo.
Cozinhe por 20 minutos.

Arroz de couve flor

arroz-couve-florIngredientes:
-1/2 maço de couve flor
-1 colher de sopa de manteiga ghee ou azeite de oliva extra virgem
-sal marinho a gosto
-amêndoas laminadas
-pimenta do reino a gosto
-salsinha picada a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe bem a couve flor no vapor ou em panela com pouca água. Corte somente as florzinhas, descarte os talos.
Pique bem, bastante mesmo. Até que fique parecido com arroz.
Aqueça a manteiga em uma panela e refogue a couve flor bem picadinha. Acerte sal e pimenta. Salpique a salsinha e as amêndoas.

Cheesecake funcional

cheesecakeIngredientes:
Crosta
-2 xícaras de nozes (deixadas de molho por 1 hora)
-1 e 1Ž2 xícara de tâmaras picadas
-1/2 xícara de coco ralado

Recheio
-3 xícaras de castanha de caju crua (deixadas de molho de um dia pro outro)
-1/2 xícara de óleo de coco derretido
-2 colheres de sopa de baunilha
-4 colheres de sopa de suco de limão
-1 pitada de sal do himalaia

Cobertura
-200g de morango
-1/4 de xícara de óleo de coco
-1/4 de xícara de maple syrup
-Suco de limão a gosto

Modo de Preparo:
Para a crosta – em um liquidificador triture as nozes por pouco tempo, adicione as tâmaras e óleo de coco. Bata bem. Pressione a mistura na forma.
Para o recheio – bata os ingredientes e misture com a crosta e depois adicione a cobertura.
Depois de montar, leve ao freezer por 4 horas, retire da forma e transfira para a geladeira. Se você quiser um pouco mais durinho deixe no freezer.

Clericot Funcional

clericotIngredientes:
-1 maçã
-1 abacaxi
-8 morangos
-1 kiwi
-1 laranja
-1 dose de contreau (50 ml)
-1 colher de sopa de açúcar 
de coco
-70 ml de água com gás
-Suco de 1 limão
-1 garrafa de 750 ml de vinho branco

Modo de preparo:
Pique as frutas, sem casca e as coloque em uma jarra junto com o gelo. Adicione em seguida o contreau, a água com gás, o suco de limão, vinho e complete com o açúcar de coco.

Esperamos que tenham gostado do cardápio, pensamos nele com o maior carinho!

Depois conta pra gente se as mamães gostaram =)

Dicas de alimentos que quem tem dor de cabeça deve evitar

1/05/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

Queijo, chocolates e embutidos possuem “aminas” que é uma substância que pode alterar o calibre dos vasos sanguíneos do cérebro, favorecendo, assim, a dor de cabeça.

A cafeína é diferente, a dor de cabeça pode ser aliviada pelo seu consumo ou a dor de cabeça pode vir pela sua falta no organismo para quem este acostumado com ela. A cafeína possui a propriedade de dilatar os vasos sanguíneos do corpo, mas contrair os vasos sanguíneos do cérebro. Acredita-se que seja essa vasoconstrição a responsável pelo alívio de certas dores de cabeça obtido pela ingestão de cafeína.

Quem bebe grandes quantidades de cafeína. pode sentir dor de cabeça quando deixa de ingerir a substância por mais tempo que o usual.
Vinho tinto e cerveja possuem substâncias chamadas histamina e tiramina, que desencadeiam a piora do quadro de dor de cabeça para quem tem costume de sentir.

Leite e derivados gordurosos como queijos, requeijão e manteiga possuem proteínas alergênicas, como a beta lactoglobulina e caseína, que podem causar a cefaleia.

Outro que causa dor de cabeça é o aspartame, poise ele metaboliza no organismo substâncias como a amina e a fenilalanina. Os embutidos contém também nitratos e nitritos que são substâncias desencadeadoras da dor de cabeça da mesma forma que as aminas. Elas alteram o calibre dos vasos sanguíneos do cérebro, favorecendo, assim, a cefaléia.

O glúten pode causar dor de cabeça em pessoas que são sensíveis a ele, nessas pessoas ele resulta em respostas imunológicas intensas que causam inflamação do sistema nervosa central.

Por isso pra quem sofre de dores de cabeça com frequência, nossa dica é: evite esses alimentos em excesso e faça um protocolo de desintoxicação de tempos em tempos para aliviar esses sintomas.

O Detox é feito durante 14 dias e são retirados alimentos que contém gúten, cafeína, açúcar refinado, adoçantes artificiais, bebida alcoólica e leite e derivados. Dessa maneira, as dores de cabeça desaparecem! E, os snacks da Hisnëk te ajudam a equilibrar sua alimentação da melhor forma. Já faz parte do nosso clube de assinaturas? – www.hisnek.com

8 alimentos que podem ajudar na saúde da sua mente!

24/04/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

Confira 8 alimentos que podem ajudar a melhorar a memória, concentração e evitar doenças como Mal de Alzheimer e depressão.

AMORAS e FRUTAS VERMELHAS

As frutas vermelhas, principalmente as amoras, possuem potentes antioxidantes conhecidos como antocianinas que diminuem a inflamação do organismo e incentivam a comunicação entre os neurônios, melhorando a nossa capacidade de absorver novas informações conforme a idade avança.

CAFÉ

Pessoas que bebem entre três e cinco xícaras de café por dia (50ml, sem açúcar e nem adoçantes artificiais) têm 65% menos chance de desenvolver mal de Alzheimer em comparação com as que tomam menos de duas xícaras por dia. A cafeína e os antioxidantes do café têm efeito protetor no cérebro.

MAÇÃ

As maçãs são a fonte principal de quercetina, uma substância antioxidante que protege as células do cérebro. A quercetina previne o declínio cognitivo. A maioria da quercetina se encontra na casca da maçã então nada de descascá-la!

CHOCOLATE

Comer pelo menos 10 gramas de chocolate (no mínimo com 70% cacau, ou seja, o chocolate “do bem”) por dia ajuda a proteger contra perda de memória relacionada à idade. Isso por causa dos polifenóis do cacau, que aumentam o fluxo sanguíneo para o cérebro.

CANELA

Dois compostos da canela – proantocianidinas e cinamaldeído – podem inativar as proteínas beta amilóides que formam a substância pegajosa no cérebro levando ao mal de Alzheimer.

Então a canela pode auxiliar na prevenção da doença.

PROBIÓTICOS

90% da serotonina, hormônio do bem estar, é produzido no intestino. Um intestine desequilibrado, não produz serotonina suficiente e pode ser um gatilho para depressão e síndrome do pânico. Por isso devemos ingerir alimentos ou suplementos probióticos para equilibrar nossa flora intestinal.

BANANA

O triptofano é um aminoácido precursor da serotonina, hormônio do bem estar. A banana é rica nesse aminoácido, por isso quem come banana regulamente apresenta melhor humor e sensação de bem estar.

SNACKS DA HISNËK

Os snacks não contém gordura trans e nem hidrogenada, porcentagem de sódio e açúcar controlados e não há aditivos tóxicos, acaba sendo um lanchinho gostoso e bastante saudável na hora da correria, ou para a lancheira das crianças, ou um pré ou pós-treino… Conheça a proposta em nosso site!

Alimentos contra a insônia

17/04/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

Quando você vai para a cama de estômago cheio, o intestino e outros órgãos envolvidos no processo de digestão se preparam para trabalhar fora do expediente. Essa alteração no relógio biológico confunde o organismo. Ele entende que, no lugar de estimular a produção da melatonina e da serotonina (os neurotransmissores que induzem ao sono), deve manter os níveis elevados de cortisol (hormônio do stress). Na manhã seguinte não tem como ser diferente: você acorda com a sensação de que não dormiu tempo suficiente, mesmo depois de sete ou oito horas na cama.

Uma noite mal dormida ainda prejudica a liberação dos hormônios da saciedade e daqueles que estimulam o ganho da massa muscular. Sem falar que o cansaço costuma vir acompanhado da sensação de ansiedade, um gatilho para a compulsão alimentar. Aliás, não é de hoje que a ciência associa a falta de um sono reparador à obesidade.

O estrago não aparece apenas na balança. Em um estudo recente, pesquisadores do Departamento de Medicina Nutricional da Universidade Colúmbia, nos Estados Unidos, constataram que o hábito de comer perto da hora de dormir aumenta o risco de derrame e doenças do coração. Nada disso, obviamente, acontece da noite para o dia. Mas se sua rotina é comer muito tarde e muito, uma hora a conta vem. A culpa é do excesso de toxinas.

Enquanto você dorme – isto é, quando não existem tarefas mais urgentes –, seu organismo aproveita para fazer uma autolimpeza.  Se tem comida no estômago, essa vai ser a prioridade e o serviço talvez não saia tão bem feito. O alimento pode ficar no intestino delgado e, parado ali, o carboidrato fermenta e a proteína entra em estado de putrefação. Resultado: mais toxinas além daquelas que o organismo não teve a chance de eliminar. Juntas, elas favorecem a formação das placas de gordura nas artérias. A melhor fonte de proteína para esse horário é a vinda dos grãos.

Taxas altas de triglicérides (açúcar no sangue) e pressão arterial alta são alterações que ameaçam o coração e também são comuns em quem não se preocupa com as escolhas e o horário das garfadas. Mude sua rotina e sua alimentação, emagreça e mantenha seu coração mais saudável.

 

ALIMENTOS CONTRA INSÔNIA:

insonia-7-525x350

  1. Frutos do mar

O triptofano, aminoácido que estimula a produção de serotonina (neurotransmissor do bom humor), ajuda a elevar, consequentemente, a melatonina. Para a nossa sorte, a substância pode ser encontrada em vários frutos do mar, como bacalhau, linguado, salmão, anchova, truta, atum, lagosta e camarão.

  1. Banana

A fruta não é só uma boa fonte de triptofano, como também é rica em potássio e magnésio – substâncias perfeitas para aliviar os sintomas da insônia. Um estudo realizado pela Khon Kaen University, na Tailândia, revelou que incluir banana no cardápio aumenta os níveis de melatonina em 180%.

  1. Homus

A pasta feita com grão-de-bico também contém altos níveis de triptofano e vitamina B6. A combinação desses dois costuma ter um efeito positivo no metabolismo: aumenta a produção de melatonina e melhora a qualidade do sono.

  1. Leite quente

Rico em cálcio, ele ajuda o cérebro a usar o triptofano para produzir melatonina. E se ele for morno? Melhor ainda! Esquenta o corpinho, relaxa e faz com que você durma melhor.

  1. Iogurte

Muitas pesquisas comprovam que a falta de cálcio no organismo pode causar insônia ou noites mal dormidas. Uma forma de combater o problema é incluir um potinho de iogurte à sua dieta diária.

  1. Oleaginosas

As nozes contêm triptofano, as amêndoas são ricas em magnésio e o pistache contém boa dose de vitamina B6 – combinação perfeita para aumentar a produção de serotonina e melatonina, certo?

  1. Folhas verdes

Couve, espinafre, acelga e folhas de nabo contêm nutrientes essenciais (cálcio, magnésio e potássio) para o metabolismo e a produção de melatonina. Com isso, elas ajudam a relaxar os músculos sobrecarregados e, assim, você dorme melhor.

  1. Camomila

O chá de camomila é famoso por melhorar o sono. Isso acontece porque ele aumenta os níveis de glicina, um sedativo leve que ajuda a aliviar os nervos e a relaxar os músculos. Resultado? Sono tranquilo garantido.

  1. Maracujá

Uma xícara de chá de maracujá contém alcaloides harmânicos, substâncias que atuam no sistema nervoso e ajudam você a se sentir mais relaxado e sonolento.

  1. Cereja

As frutinhas típicas do natal, fazem parte do seleto grupo de alimentos que naturalmente contém melatonina. E, segundo uma pesquisa das Universidades de Pensilvânia e Rochester, o suco de cereja melhora a qualidade do sono e diminui insônia.

  1. Arroz

De acordo com um estudo no American Journal of Clinical Nutrition, o arroz de jasmim podem fazer com que você fique mais tranquila e durma melhor. Só cuidado: o alimento também causa picos de glicemia. Por isso, consuma com moderação.

  1. Tomate

Além de ser uma ótima fonte natural de melatonina, a fruta também acrescenta colina à sua dieta, um nutriente importantíssimo para a memória e que ajuda a relaxar os músculos enquanto você dorme.

  1. Abacaxi

O estudo da Universidade de Khon Kaen, na Tailândia, revelou que o consumo de abacaxi aumenta a presença de um produto químico no cérebro, o que ajuda na produção de melatonina em mais de 266%. Incrível, não?

  1. Laranja

A fruta ajuda a elevar os níveis de melatonina em até 47%. Além disso, incluir a laranja no cardápio é uma ótima maneira de aumentar a quantidade da vitamina C no seu organismo.

 


 

E, nas caixas Hisnëk você encontra vários snacks deliciosos, nutritivos e que ajudam você a alinhar sua alimentação e fazer de suas refeições um momento precioso, super importante.
Acesse hisnek.com e conheça nossa proposta! Você vai se surpreender!

Alimente-se bem e sorria!

Por detoxdecorpoealma.com

 

Quando ficamos muito tempo sem comer, há uma diminuição na liberação de serotonina, uma substância química responsável pela transmissão dos impulsos nervosos entre os neurônios. Essa diminuição causa aquele mau humor insuportável. Outra situação, é o que acontece quando as pessoas se alimentam mal, elas também tendem a ficar mal-humoradas, porque o organismo libera o cortisol, hormônio que mexe com o humor.
Além disso, a fome faz com que o corpo libere neurotransmissores e outras substâncias que também afetam o humor. Dependendo de quanto a pessoa libera e em quais situações, ela ficará mais ou menos mal humorada. A solução não é só alimentar-se regularmente, mas do que exatamente se alimentar, pois o tipo de alimento influenciará no seu humor.

Por exemplo: Uma dieta restrita em carboidratos prejudica o humor porque o combustível do cérebro é a glicose, (produto da digestão dos carboidratos), portanto os carboidratos geram energia e são responsáveis pelo bom funcionamento do cérebro. Mas devemos dar prioridade aos carboidratos complexos (grãos e cereais integrais).
Já o açúcar refinado é indicado como um dos maiores inimigos do bom humor, pois ele causa um pico de glicemia e um pico de euforia que é temporário. Essa concentração de glicose e consequente energia e euforia caem logo, deixando uma sensação de mau humor e moleza. Por isso, fuja dos doces em excesso e do cafezinho com açúcar.

 

Quais outros alimentos influenciam no nosso humor?

A laranja, a acerola e o agrião são fontes de vitamina C. Essa vitamina também influencia o humor. Eles devem ser consumidos crus, pois o cozimento e a exposição a luz oxidam a vitamina, fazendo-a perder as propriedades.
Além dela, a vitamina B também tem seu papel nessa briga contra o mau humor. Então consuma atum, lentilha e pimenta.

 

E o delicioso chocolate?

O chocolate tem em sua composição uma substância chamada teobromina, um estimulante que aumenta a liberação de serotonina e consequentemente a sensação de bem estar.
Mas lembre-se de comer chocolate com moderação é lógico, (e de preferência com alto teor de cacau e pouco açúcar) já que ele é rico em gordura e ganhar peso causa um mau humor danado!

 

E no que é que a Hisnëk te ajuda?

Em muitos fatores: como os snacks não contém gordura trans e nem hidrogenada, porcentagem de sódio e açúcar controlados e não há aditivos tóxicos, acaba sendo um lanchinho gostoso e bastante saudável na hora da correria. As crianças adoram conhecer snacks novos e, quando os pais influenciam, melhor ainda! E, é seu grande aliado na ajuda de ser um aperitivo complementar às suas refeições. O quê? Ainda não faz parte de nosso clube de assinatura? Não perca tempo! Clique aqui e conheça nossa proposta.

8 alimentos saudáveis para usar e abusar no seu dia a dia

27/03/2018 - Dicas nutritivas

Por detoxdecorpoealma.com

 

1) A maçã é rica em fibras e ajuda consideravelmente o funcionamento do intestino. Essas mesmas fibras ajudam a combater o mau colesterol. A pectina colabora com o processo de emagrecimento, pois retêm gordura que passam a ser eliminadas pelas fezes. Pesquisas ainda apontam que os polifenóis presentes nas maçãs podem ajudar a combater o câncer.

2) A lentilha é um alimento barato e uma grande fonte de proteína vegetal. Estudos apontam que a ingestão de lentilhas ajuda a reduzir inflamações, diminuir o colesterol e diminuir o apetite.

3) A aveia é riquíssima em fibras chamadas de beta-glucana. Essas fibras ajudam a prevenir as doenças relacionadas com a obesidade (doenças cardíacas e diabetes). A ingestão de aveia reduz o risco de desenvolver diabetes tipo dois.

4) Também conhecido antigamente como “ouro líquido”, o azeite de oliva possui propriedades que previnem o câncer. Pesquisas recentes mostraram que além de fornecer o colesterol bom para o organismo, ele ajuda na prevenção de doenças coronárias e na redução da obesidade.

5) Sementes de chia são ricas em ômega 3, tem alto poder anti inflamatório, ricas em fibras que ajudam no funcionamento do intestino.

6) Óleo de coco apresenta propriedades que favorecem a perda de peso, reduzem o colesterol ruim e até controlam os níveis de açúcar no sangue.

7) Vinagre de maçã é uma excelente fonte de vitaminas e minerais, proporcionando inúmeros benefícios à saúde do ser humano, principalmente devido a sua ação fortalecedora do sistema imunológico.

8) Uma porção de snacks saudáveis todos os dias regula seu intestino e melhora muito seu metabolismo, pois todos deles contém um apanhado de itens indispensáveis à sua saúde! E, com a Hisnëk, você não fica preocupado em pesquisar e captar snacks diferentes, pois em nossas caixas Classic e Free, todas as 22 porções são diferentes e deliciosas!