BLOG

Confira 4 dicas para se alimentar bem com a correria do dia a dia

4/04/2017 - Dicas nutritivas

Dicas para se alimentar bem durante o trabalho

Ter um cotidiano agitado e se alimentar bem são duas coisas consideradas completamente opostas por muitos indivíduos.

Por isso, essas pessoas acabam fazendo refeições irregulares e saciando a fome com alimentos que estão longe de serem saudáveis na correria do dia a dia. Todavia, ter uma rotina puxada não inviabiliza a sua qualidade de vida, pelo contrário.

Com o auxílio de algumas medidas e mudanças de hábito é possível ter uma dieta equilibrada e que não prejudique o seu metabolismo, além de dar a você muito mais disposição e energia.

Pensando nisso, listamos algumas dicas fundamentais para lhe ajudar nessa missão. Confira!

1. Não fique longos períodos sem comer

É cada vez mais comum que profissionais com a rotina muito agitada e repleta de compromissos acabem sacrificando uma ou mais refeições ao longo do dia pela falta de tempo.

Acontece que esse hábito afeta a saúde do seu organismo, já que não há a oferta necessária de nutrientes para o seu bom funcionamento — em especial a glicose, que ajuda no funcionamento do cérebro.

Sem mencionar, é claro, que depois de passar por um longo período sem comer nada, sua fome aumenta e você acaba exagerando na quantidade de alimentos do próximo prato.

Por causa disso, seu corpo não consegue absorver direito o que foi ingerido e o excesso de calorias converte-se em gordura, ou seja, ganho de peso.

Por essa razão, evite esse tipo de comportamento e dê a devida atenção à uma melhor distribuição das refeições ao longo do dia.

Afinal, assim como você reserva horários para cumprir com suas funções e obrigações, também pode delimitar algumas horas para se alimentar adequadamente.

Você pode estabelecer um intervalo de 3 em 3 horas, por exemplo. Assim, garante que comerá equilibradamente no café da manhã, no almoço e no jantar, sempre intercalando com lanches saudáveis.

2. Leve lanches para seguir seus horários de alimentação

Há pouco falamos da importância de distribuir durante o dia horários específicos para as refeições, como café da manhã, almoço e jantar, a fim de se alimentar bem.

E, entre o espaço de uma e outra, fazer pequenos lanches que lhe saciem e evitem que você fique com fome. Mas, se há dúvidas sobre o que comer durante esses momentos, nós temos algumas dicas.

Em primeiro lugar, as frutas, já que além de hidratarem, também são fonte de vitaminas, fibras e outros nutrientes. Espécies como banana, maçã e pera são alguns exemplos fáceis de transportar e que não são difíceis de destacar.

Outra sugestão é um bom mix de oleaginosas, como a castanha, a avelã, as amêndoas ou as nozes, que são fontes de gordura boa e ricas em vitaminas A e B.

Por fim, você também pode investir em snacks saudáveis — isto é, aqueles sem conservantes, aditivos químicos, como corantes, sem gordura trans e com açúcar e sódio controlados — que você pode levar de casa para o trabalho.

3. Prefira comidas menos processadas

Sabe aquela vontade no final da tarde de comer um doce ou algo salgado? Pois bem, essa é uma vontade que acomete muitas pessoas.

O problema está quando o desejo por um alimento processado se torna recorrente para que você economize tempo e não precise preparar ou cozinhar algo para comer.

Isso porque esse tipo de produto tem uma grande gama de ingredientes artificiais — muitas vezes tóxicos e que desencadeiam até reações alérgicas —, conta com uma enorme quantidade de calorias e poucos nutrientes.

Ou seja, ao se alimentar deles você apenas agradará ao seu paladar, mas não eliminará sua fome, pois eles não promovem saciedade. Refrigerantes, bolos, biscoitos e molhos pré-prontos são alguns dos mais comuns alimentos processados que você deve evitar.

No seu lugar, opte por itens integrais, que são ricos em fibras e possuem índice glicêmico baixo, como a aveia e os cereais, e por aqueles que são in natura, isto é, aqueles que vêm da natureza.

Afinal, eles são aqueles que tiveram pouco ou nenhum processamento, como é o caso dos chás, das frutas, das leguminosas, dos grãos, da carne fresca, do leite, do café, etc.

4. Invista em alimentos funcionais para se alimentar bem

Por fim, mas não menos importante, busque incluir em seu cardápio semanal alimentos funcionais. Eles são aqueles que, além do valor nutritivo que possuem, oferecem uma série de benefícios, sejam eles metabólicos ou fisiológicos, à sua saúde.

São também ótimos aliados no aspecto saudável da pele, no combate do estresse e da ansiedade e reduzindo o risco de doenças crônicas, como diabetes, câncer e afins.

Dessa forma, você vai ter uma alimentação muito mais completa e benéfica para o seu organismo. Isso porque, aos poucos, você tornará essa dieta mais equilibrada e balanceada em um hábito da sua rotina que trará muito mais qualidade de vida.

Porém, é importante fazer um adendo: eles devem estar presentes diariamente no seu prato para que seja possível, de fato, desfrutar de todas as suas vantagens e impactos positivos no seu corpo.

Alguns exemplos são os peixes marinhos ricos em ômega 3, como salmão, sardinhas, anchovas e atum. Além deles, há a soja e seus derivados, as folhas verdes, a linhaça, tomate e derivados, frutas cítricas, óleos vegetais, produtos lácteos fermentados, hortaliças, entre outros.

Para tornar essa tarefa mais fácil, você pode aproveitar o sábado ou o domingo para comprar entre esses itens aquilo que comerá durante a semana. Otimize o processo e ganhe tempo no preparo da sua “marmita”, caso tenha o interesse de levar sua refeição de casa para o trabalho.

Como você leu, é possível se alimentar bem mesmo com a correria do dia a dia por meio de horários pré-estabelecidos para as refeições, consumo de produtos mais saudáveis, etc. Por isso, anote nossas dicas e comece a mudar os seus hábitos alimentares hoje mesmo. O seu corpo e sua mente agradecerão!

Gostou das nossas sugestões para se alimentar bem na sua rotina? Então não deixe de compartilhá-las nas redes sociais com seus amigos e ajudá-los a terem uma vida muito mais saudável!