BLOG

Entenda qual é a real importância das calorias

14/03/2017 - Dicas nutritivas

Entenda a real importância das calorias

Você sente arrepios só de ouvir falar em calorias? Pois saiba que, graças a elas, conseguimos realizar as nossas atividades diárias. Utilizadas pelo organismo inclusive para realizar todas as suas funções vitais, como respiração e digestão, as calorias são fundamentais para o funcionamento saudável do nosso organismo.

Por definição, caloria é a quantidade de energia liberada pelo alimento ou consumida pelo corpo para desempenhar as diferentes funções orgânicas. O problema com as calorias começa com o tipo de nutriente do qual as obtemos e, é claro, com a quantidade de calorias que ingerimos — se a ingestão de calorias é maior do que o seu gasto, acabamos gerando um ganho de peso.

Quer saber mais sobre a importância das calorias e evitar o famigerado sobrepeso? Então confira abaixo as dicas que preparamos para você!

Quantas calorias devemos ingerir diariamente?

Isso depende de vários fatores — sexo, idade, peso, altura. Via de regra, quanto maior o tamanho do corpo, mais calorias serão necessárias para mantê-lo.

Confira o consumo de calorias em algumas atividades diárias:

  • uma noite de sono — 480 calorias;
  • um dia de trabalho (com atividades pouco intensas) — 900 calorias;
  • fazer uma refeição — 84 calorias;
  • conversar por 90 minutos — 180 calorias.

Portanto, para que uma pessoa de estatura mediana consiga manter o seu corpo em pleno funcionamento e realizar as suas atividades cotidianas de forma plena, são necessárias cerca de 2.000 calorias por dia.

Porém, essa quantia deverá ser maior caso haja a prática de exercícios físicos e, consequentemente, um maior gasto energético. Com batimentos cardíacos acima dos 110 por minuto, aumenta a produção de adrenalina e de noradrenalina no organismo, que passa a queimar mais energia.

Assim, se a mesma pessoa do exemplo anterior treinar por duas horas por dia, ela terá que acrescentar cerca de 1.100 calorias à sua dieta.

Veja, agora, o consumo de calorias durante a prática de exercícios físicos, sempre durante uma hora:

  • caminhar — 340 calorias;
  • correr — 780 calorias;
  • dançar — 400 calorias.

Quando se ingere mais calorias do que se gasta, acontece o acúmulo dessa energia em forma de gordura no tecido adiposo ou no fígado, o que pode ser muito perigoso para a saúde. Atualmente, sabe-se que a obesidade é uma doença — por isso, a prática de exercícios é fundamental para queimar esse excesso.

Quais são as principais fontes de calorias?

Existem basicamente três fontes de calorias. A primeira a ser queimada pelo organismo são os carboidratos, que contêm as chamadas calorias rápidas, presentes nos pães, nas massas e nos bolos, por exemplo.

Depois, o corpo queima gorduras e proteínas, as chamadas calorias lentas. Isso porque a digestão desses dois grupos de alimentos acontece um pouco mais devagar. Estão entre eles as carnes vermelhas, as aves, os peixes, os ovos e o leite.

Por fim, as calorias vazias representam a terceira fonte. Os alimentos presentes nesse grupo não oferecem nutrientes ou qualquer tipo de benefício ao organismo. Isso acontece com as calorias provenientes de doces e de bebidas alcoólicas, por exemplo.

Assim, as calorias não devem ser pensadas apenas como números absolutos — as calorias vazias podem, às vezes, parecer baixas, mas para o corpo são apenas calorias e vão sim engordar, sem alimentar.

A qualidade dos alimentos deve estar sempre em primeiro lugar! Os refrigerantes na versão zero, por exemplo, praticamente não fornecem calorias — por outro lado, são nocivos à saúde, já que contêm química e muito sódio. E cuidado: além de não agregarem nenhum tipo de nutriente ou vitamina, esse tipo de refrigerante pode inclusive impedir a absorção de nutrientes importantes vindos de outros alimentos, como o ferro.

O que é o efeito metabólico?

O efeito metabólico é o segredo que faz com que a mesma quantidade de calorias tenha um significado diferente para o corpo e para uma dieta. Funciona assim: quanto mais trabalho o organismo tem para digerir um alimento, mais calorias ele gasta nesse processo.

Na tentativa de digerir fibras, por exemplo, o sistema gastrointestinal tem “tanto trabalho” que a caloria pode ser até negativa. Isso mesmo! No caso de alimentos muito fibrosos, como as folhas verdes, que já têm um baixíssimo valor calórico, o corpo, com a sua ingesta, gasta mais do que ganha.

Existem ainda outros fatores que influenciam o processo metabólico. Pessoas jovens, altas e com mais massa magra têm um metabolismo mais rápido, um gasto maior de energia, inclusive em repouso.

Devo ingerir gorduras?

Alimentos que contêm grande quantidade de gordura e, portanto, mais calóricos são importantes para o bom funcionamento do organismo, como comprovou recente estudo da Universidade de Harvard.

Atenção: tratam-se de gorduras saudáveis — as insaturadas, presentes em alimentos como abacate, azeite de oliva, oleaginosas, manteiga, chocolate amargo, óleo de coco, açaí, entre outros.

Essas gorduras fornecem energia ao corpo na ausência dos carboidratos. Também são responsáveis pela absorção de algumas vitaminas como A, D, E e K, além de protegerem órgãos como o cérebro e o coração, e os tecidos, nervos e ossos em caso de traumas ou quedas.

As gorduras também são importantes na produção de hormônios e ajudam na manutenção da saúde dos cabelos e da pele.

Então, para emagrecer não basta cortar calorias?

Como vimos, as calorias e até as gorduras são importantes para o corpo. O que realmente faz a diferença é a qualidade da comida. Tanto calorias quanto gorduras devem estar presentes em alimentos realmente nutritivos.

A dieta ideal é a dieta saudável, com refeições balanceadas e fracionadas ao longo do dia. Um nutricionista poderá ajudar na elaboração de um cardápio adequado às suas necessidades, considerando o seu gasto diário de calorias.

Também pratique exercícios físicos. Se não tiver tempo para ir a uma academia, inclua hábitos simples na sua rotina, como trocar o elevador por escadas, levar o cachorro para passear etc. Deixe o carro na garagem sempre que possível. Aos finais de semana, aproveite para pedalar ou para dar uma caminhada no parque!

Gostou das nossas dicas? Agora que você entendeu a real importância das calorias, acompanhe-nos no Facebook e no Instagram e saiba mais sobre esse e muitos outros assuntos!